Maratonão Oscar 2017: Críticas para Melhor Filme

Oscars 2017

Domingo é dia de Oscar e pra variar nem todos os principais indicados chegaram a estrear por aqui. Pra ajudar você, amigo leitor, reuni as críticas de todos os filmes indicados na principal categoria da noite. Assim, se você não conseguiu assistir a algum deles, pode saber mais ou menos do que se trata e se é a produção é aquilo tudo mesmo. Continuar lendo

Publicado em Críticas, filmes, Listas | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cercas, diálogos, família problemática e Denzel falando pra cacete

Denzel Washington e Viola Davis em Um limite entre nós

Em uma temporada repleta de oscarizáveis estilizados e com histórias não muito profundas, Um limite entre nós consegue se colocar na contramão disso tudo. Trata-se de uma adaptação de teatro com atuações poderosas e diálogos profundos que vão te fazer pensar sobre muita coisa. Principalmente quem tem uma família problemática (e quem não tem, né?). Continuar lendo

Publicado em Críticas, filmes | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Moonlight: Boyhood melhorado

Moonlight

Quando eu assisti Moonlight eu me dei conta de como a galera se contentou com pouco quando saiu Boyhood. As histórias dos dois filmes tratam sobre o crescimento de um menino e da busca por sua identidade. A de Boyhood beira o banal. A de Moonlight tem muito mais conflitos em uma estrutura social muito mais complicada e nem por isso menos real. Mas as comparações vão parar por aqui porque Moonlight tem brilho próprio (da luz do luar, rá!). Continuar lendo

Publicado em Críticas, filmes | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Lion e a importância do Google nas nossas vidas

lion-01

Pensa na situação: na Índia, um menino de 5 anos entra à noite em um trem vazio e não se dá conta de que ele começa a seguir viagem. Passam-se dias em que ele não consegue descer do trem e, quando ele finalmente para, o menino se encontra numa estação socada de gente, em um lugar longe pra cacete onde as pessoas nem ao menos falam a língua dele. Esse é apenas o começo de Lion. Continuar lendo

Publicado em Críticas, filmes | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Manchester à beira-mar: Não veja se estiver na bad

Casey Affleck em Manchester a beira mar

Tem filme que é triste porque você sofre com o personagem. Tem filme que é triste porque o casal não fica junto. Tem filme que é triste porque o cachorro morre. Mas tem filme que fica muito mais triste não só pelo episódio devastador, mas pelo sentimento de luto e vazio que se segue, não apenas nos dias seguintes, mas pelo resto da vida. Esta é a aposta de Manchester à beira-mar. Continuar lendo

Publicado em Críticas, filmes | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Ah se o diretor tivesse a coragem das mulheres de Estrelas além do tempo…

Taraji P. Henson e Janelle Monae em Estrelas além do tempo

A gente gosta de acreditar que Hollywood está virando um ambiente com mais diversidade e valorizando o trabalho de mulheres. E mulheres negras. Por isso, a nomeação de Estrelas além do tempo às principais categorias das principais premiações do cinema é sim emblemática. Já o filme em si, nem tanto… Continuar lendo

Publicado em Críticas, filmes | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

O suspense, as camadas e o feminismo de Elle

Elle

Gritos, sons de confronto corporal, parece sexo… mas pode ser um estupro. Ah, é um estupro. O estuprador tá todo coberto, não dá pra saber quem é. O gato vê tudo. Que gato sacana! Se bem que o que ele iria fazer, né? Ele é só um gato. Coitada da mulher, espero que ela se vingue. Isso é mais ou menos tudo o que acontece na nossa cabeça na cena inicial de Elle, longa francês dirigido por Paul Verhoeven, mas vem muito mais pira pela frente… Continuar lendo

Publicado em Críticas, filmes | Marcado com , , , | Deixe um comentário